Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A minha Experiência com Cancro da Mama

Vou aqui contar a minha experiência. Um Blog criado para falar sobre cancro da mama, do dia a dia e outras coisas.

A minha Experiência com Cancro da Mama

Vou aqui contar a minha experiência. Um Blog criado para falar sobre cancro da mama, do dia a dia e outras coisas.

Cancro muda-nos

O cancro muda-nos não existem dúvidas em relação a isso.Mas compete-nos a nós decidir o que essa mudança vai significar nas nossas vidas e como vamos ser a partir daí.

Eu acho que me tornei uma pessoa melhor, vivo mais a vida, não preocupo com coisas mesquinhas, sorrio todos os dias e agradeço por poder viver mais um dia, estar mais um dia junto de quem mais amo. Sou mais tolerante e mais feliz seguramente.

Genes BRCA1 e BRCA2

BRCA1 e BRCA2 são mutações genéticas com incidência familiar que comprometem a produção normal de proteínas reparadoras do ADN, condição de que resulta uma maior susceptibilidade ao cancro da mama.

BRCA1 e BRCA2 são genes humanos que são conhecidos como supressores tumorais. Muitas vezes, membros da mesma família partilham o gene e aumentam em muito as probabilidades de contrair a doença.

Este tipo de gene pode ser encontrado em homens ou mulheres e de acordo com o Instituto Nacional do Cancro, cerca de 12% das mulheres irá desenvolver cancro da mama nalgum momento da vida. Cerca de 60% das mulheres que herdaram o gene BRCA1, irá contrair a doença, tornando-se cinco vez mais propensa a ter cancro do que uma mulher que não tenha este tipo de gene na família.
Através de um exame sanguíneo qualquer pessoa consegue saber se é portador deste gene ou não. O ideal é ir à consulta de risco familiar.

Pág. 2/2